Jornal Escolar

“Educar é preparar para a liberdade. As pessoas são livres porque podem escolher. E só podem escolher quando conhecem alternativas. Sem informação não há alternativa, e , portanto, sem alternativa não há liberdade. O bom educador deve estimular a diversidade, torcendo para que seus alunos tenham suas próprias idéias. E, mais do que isso, tenham a coragem de defendê-las, devidamente fundamentadas, em qualquer situação. E, sobretudo, tenham a coragem e a segurança de se admitirem errados e mudarem sua opinião”

Gilberto Dimenstain, jornalista

REALIZAR JORNAL NA ESCOLA

Realizar o Jornal na Escola é muito mais que divulgar informações, fazer propagandas e realizar um trabalho em grupo. É também isso, e vai muito além, busca desenvolver a criatividade, o espirito crítico, a expressão oral e escrita.
É conhecer a realidade, os problemas locais, a cultura de um povo.
Por isso, nós como educadores, podemos utilizar os diferentes tipos de Jornais para enriquecer a nossa prática pedagógica , bem como desenvolver um trabalho com qualidade, onde com certeza nossos alunos encontrarão mais interesse e, consequentemente, construirão conhecimentos significativos.

O professor francês Célestin Freinet, na década de 20, inovou em seu trabalho com crianças organizando aulas-passeio.
Na volta dessas atividades extra-classe, os alunos estavam excitados – cada um queria contar o que vira, o que descobrira. O próximo passo foi colocar no papel todas as novidades das aulas-passeio.
Os alunos de Freinet criavam textos em seus cadernos mas, apesar do entusiasmo no momento da elaboração, os textos depois não eram lidos por mais ninguém. Acabavam ali. Freinet não se conformou com isso e teve uma idéia: por que não imprimir aqueles textos para que pudessem ser passados de mão em mão, lidos e relidos por outras pessoas? Conseguiu uma impressora, os componedores, os tipos…
O aumento de interesse por parte das crianças foi uma surpresa até para Freinet. Elas queriam ver seus textos impressos e mostrá-los para seus pais e amigos. Não se cansavam nunca!
Em janeiro de 1927, Freinet editou seu primeiro livro: A imprensa na escola, no qual explicava as inúmeras vantagens de se trabalhar o jornal escolar:
– Aprendizagem natural, sem esforço, da leitura e da escrita das palavras.
– Sentido permanente da construção de frases corretas
– Aprendizagem da ortografia pela globalização e análise de palavras e frases ao mesmo tempo.
– Sentido de responsabilidade pessoal e coletiva.
– Novo clima de uma comunidade fraternal e dinâmica
Dentre outras….
Assim começou a imprensa na escola. Desde então, disseminou-se por todo o mundo e, hoje, mais do que nunca, pode-se perceber sua importância no âmbito escolar.
E você, professor, está com vontade de tentar? Aproveite as dicas !

O Jornal do Futuro visa a superar o baixo rendimento dos alunos, a partir da melhoria da leitura e da escrita, bem como estimular a expressão oral e produção textual. As matérias publicadas incluem tipos e gêneros textuais diferentes, presentes no convívio social e na vida do aluno: artigos de opinião, poesias, notícias, concursos, acrósticos, charges, dicas (saúde, esporte, trabalho, vivências), recados, bilhetes, cartas, crônicas, contos, diários, receitas, entrevistas, histórias em quadrinhos, resenhas (livros, filmes), adivinhações, charadas, desafios matemáticos etc.

Todos os alunos que produzem querem ver seus textos no jornal. Infelizmente, isso não é possível num jornal que dispõe de apenas quatro páginas. Temos que fazer uma seleção cujos critérios adotados, entre outros, são: diversidade de tipos e gêneros textuais, priorização dos aspectos textuais (coesão e coerência); não discriminação de textos devido a erros gramaticais ou ortográficos, uma vez que os alunos ainda estão no período de aprendizado das convenções sociais da língua.

O texto selecionado passa pela revisão do aluno juntamente com o professor de sala. Vale enfatizar que as matérias que não entram no jornal do bimestre por não terem sido selecionadas, são expostas num jornal mural no pátio da escola.

Outra forma de motivá-los é expondo em local visível da escola a nova edição e, em um quadro de honras, os nomes dos escritores e desenhistas que colaboraram para a produção daquela edição.

O Jornal do Futuro é trabalhado em todas as turmas, do pré-escolar até a nona série, de acordo com os objetivos enumerados no planejamento do professor. Quando o exemplar chega às salas de aula, são realizadas atividades diversificadas, que vão desde a leitura das imagens à produção de cartas do leitor e artigos de opinião.

<strong>Como criar um jornal escolar

A partir de nossa experiência, sugerimos alguns passos que achamos importantes para o sucesso na criação e manutenção de um jornal:

1) sensibilizar professores e alunos;
2) escolher um coordenador;
3) envolver toda a comunidade escolar na escolha do nome do jornal;
4) buscar apoio para sua publicação junto a organizações não-governamentais ou a Secretaria de Educação do seu estado ou município;
5) caso não haja apoio extra-escolar, buscar apoio dentro da escola, junto ao conselho escolar, pais, alunos e grêmio estudantil;
6) incentivar a produção de tipos e gêneros textuais diferentes;
7) estabelecer prazos para a produção e entrega das matérias à coordenação do jornal.

Sugestões de atividades com o jornal escolar

• Apresentar vários jornais locais para que os alunos estabeleçam as semelhanças e diferenças na diagramação, primeira página, manchetes, leads e temáticas abordadas;
• Promover a comparação dos jornais locais com o jornal escolar;
• Solicitar a identificação dos principais elementos de uma notícia: O quê? Quem? Quando? Onde? Como? Por quê?
• Desenvolver a capacidade argumentativa e crítica do aluno, solicitando-lhe que concorde ou discorde de um texto ou notícia através de argumentos convincentes;
• Pedir que estabeleçam a distinção entre fato e opinião;
• Solicitar a enumeração das temáticas abordadas;
• Explicitar os tipos de texto e os gêneros textuais presentes no jornal escolar;
• Incentivar a produção de cartas do leitor ou artigos de opinião sobre um problema da comunidade escolar ou do entorno da escola para publicação em um jornal local.

LOGOMARCA DO JORNAL
Jornal dos Alunos da Escola Mul. Min. Jarbas Passarinho – Camela – Ipojuca – PE Novembro de 2010 Nº 01
EDITORIAL
Que
􀀁􀀁􀀁􀀁􀀁􀀁􀀁􀀁􀀁􀀁􀀁􀀁􀀁􀀁􀀁legal …
Jornal na Escola
Caros leitores:
É com grande satisfação que apresentamos
a primeira edição do nosso Jornal
Jarbinhas – Jornal Primeiras Letras.
Neste exemplar, vocês irão encontrar
diversos tipos de textos produzidos por
nosso alunos, que deram o melhor de si
para concluir as obras que enriquecem
o conteúdo desta edição.
Agradecemos a Deus por esta oportunidade
e a todos que colaboraram com
a publicação desta ferramenta de conhecimento.
A Equipe Gestora.
O meio ambiente é importante para todos
os habitantes da Terra. Sem ele não
teríamos uma vida saudável, por causa da
poluição o nosso planeta está se acabando.
Devemos cuidar do meio ambiente,
afinal ele depende de nós para sobreviver:
não estragando água, não queimando
as matas nem matando os animais.
Eu não concordo com as pessoas que
não dão atenção a mãe natureza, causando
desmatamentos e destruindo todas as
espécies raras de animais. Quanto mais
destroem o nosso verde, mais temos dificuldade
de respirar.
Por isso eu defendo o reflorestamento, a
sustentabilidade e a reciclagem, porque
só assim podemos escapar do aquecimento
global e dos outros problemas causados
pela poluição no ar, na água e na
terra.
Se quisermos ser bem tratados, não maltratemos
o nosso meio ambiente.
Maristela Oliveira – 5º Ano D/T
Profª. Marijane Marinho
DEVEMOS CUIDAR DO MEIO AMBIENTE
Um dia, o pai de
Isabel comprou seu
primeiro carro, era
um fusquinha. No
final de semana,
eles saíram todos
para passear de carro,
ela ficou muito
feliz e a mãe nem se
fala.
O pai dela estava
contente quando, de
repente, aconteceu
uma coisa chata. O
carro parou. Desceram
todos e o pai de
Isabel mexia pra lá,
pra cá e nada de
consertar o fusca.
Depois de tanta tentativa, ele resolveu
chamar um amigo que se dizia entendedor
de carros e os dois continuaram mexendo,
mas não encontraram o problema
do carro. Nisso já havia passado a tarde
toda, quando surgiu a idéia de olhar o
tanque de gasolina e, engraçado, estava
vazio.
A família de Isabel foi passear outros
finais de semana e seu pai, agora, aprendeu
a olhar o tanque antes de viajar.
Vanessa Camile – 4ºAno D/T
Profª. Marilene Santos
O Passeio
Bilhete
2 Jarbinhas
Recadinho
Parabéns aos estudantes das 4ª séries
B, C e E por suas relevantes inspirações
nas produções e na participação do livro,
Literatura de Cordel, na Festa Literária
Infantil de Porto de Galinhas
(FLIPORTINHO 2010), cujo tema foi:
A Minha Cidade.
Não desperdice a oportunidade de exercitar
o seu talento.
José Ricardo de Souza
Diretor Adjunto
Quando começamos o momento
Lego Legal, gostamos porque
formamos equipes e nós
construímos muitos trabalhos
na 1ª caixa. Na 2ª caixa, já tínhamos que
arrumar as peças para montar e devolver
as caixas conferidas.
A equipe do Lego Legal é formado por
apresentador, organizador, construtor e
relator. O apresentador apresenta o trabalho,
o organizador organiza as peças,
o construtor constrói o trabalho e o relator
escreve tudo o que acontece no grupo.
Cada equipe tem que escolher um nome
para seu grupo, em seguida coloca
ele dentro da maleta.
A aula Lego Legal pode ser vivenciada
em qualquer disciplina: português, matemática,
ciências, arte, etc. para trabalharmos
é preciso que a equipe leia muitas
revistas que vem nas caixas do Lego.
A leitura dá mais orientação e imaginação,
e nos ajuda a ter um raciocínio lógico.
Esperamos que o momento Lego Legal
continue, porque ele traz divertimento
e conhecimento.
Maria Carolina e Poliana Maria – 5º Ano A/M
Profº. Sérgio Guilherme
Foto:Maria da Paz
MOMENTO LEGO LEGAL
Um dia a minha tia Célia
mandou a minha mãe
Rosa comprar água e ela
foi.
Quando atravessava a
pista a moto bateu nela.
Ela caiu na pista, chamaram
a ambulância e levaram
ela para o hospital,
ela havia quebrado o braço
e a perna, o médico
engessou.. Horas depois
voltou para casa e ficou
de repouso até ficar boa.
Devemos ter muito cuidado
ao atravessar a rua
para não ser atropelado.
Fábio José – 4ºAno B/M
Profª: Lucia Cavalcanti
O Atropelamento
Mariana estava na feira com sua mãe
Maria de Lurdes e seu irmão Alisson,
fazendo feira, quando ele estava distraído
veio uma carroça e passou por cima do pé
dele, do medo que ele teve chegou a desmaiar
.
Elas levaram Alisson para o hospital e
contaram ao médico o que aconteceu, ele
tomou soro e foi encaminhado ao Hospital
da Restauração para saber o que tinha,
fizeram exames de cabeça e sangue, mas
não acusou nada, na verdade ele ficou
muito nervoso, por isso desmaiou.
Quando sua mãe voltou para casa disse
a família que o problema dele era medo,
chegaram a uma conclusão que Alisson
precisava de médicos para acompanhá-lo,
para ele poder ficar bom.
Alessandra Silva – 4º Ano A/M
Profª: Valquíria Niedja
A CARROÇA
As meninas estavam brincando na rua
como sempre faziam toda a tarde, quando
de repente viram várias pessoas correndo,
entrando nas casas.
Elas ficaram paradas só olhando. De
repente um boi brabo apareceu, tinha se
soltado do cercado. Ele vinha na direção
delas, quando a avó de uma delas puxou-
as para dentro da casa e fechou a
porta.
Em seguida o boi passou amarrado por
uma corda, ele continuava brabo. Coitadinho
do boi!
Hany Camilly – 4º Ano C/T
Profª: Sheila Elisabete
O BOI SOLTO
Jarbinhas 3
No Brasil, morrem centenas de pessoas
vítimas de violências.
Algumas são vítimas de balas perdidas,
outras de assaltos e até mesmo as
crianças se tornam alvo. Muitas são
violentadas e estupradas, às vezes são
mortas pelos próprios familiares. As
crianças são as que mais sofrem com
tamanha judiação.
A população vive assustada com esse
problema. As pessoas cada vez mais
vivem atormentadas, pensando no risco
de perderem a vida. Por esse motivo
elas vivem com receio de saírem de
casa.
Esse conflito precisa acabar. Vamos
reduzir com a violência para que as pessoas
possam viver em paz.
Maiara Silva – 5º Ano B/M
Profª. Severina Souza
A água é indispensável
para a preservação da vida
em nosso planeta. No entanto,
esse recurso está se tornando
cada vez mais escasso,
por isso é muito importante
evitar o desperdício de
água.
Além disso, os cidadãos
podem se organizar e pressionar
as autoridades para
que fiscalizem e apliquem
punições para as pessoas e
empresas que poluem os
rios.
Ajudar a preservar a natureza
também é um ato de
cidadania.
Gilberto José – 5º Ano C/T
Profª: Maria José (Zety)
Era uma vez, um menino com 8 anos
de idade, que estava passeando de bicicleta
com seus primos. Ele estava correndo
muito rápido, quando esbarrou
numa pedra e bateu num carro. Ele chorou
bastante, ficou machucado e não
queria ir ao aniversário de um colega
para ninguém notar os ferimentos.
Então, ele resolveu ir, mas, quando
chegou lá, cobriu o rosto com as mãos e
na hora de comer o bolo ele foi para o
terraço e depois foi para casa.
Jandson – 4º Ano E/T
Profª. Karla Micheline
ÁGUA É VIDA
BAQUE DE BICICLETA
A VIOLÊNCIA NO BRASIL
Bilhetes
Professora Ledivane,
Eu gostei de estudar com a
senhora , continue cada dia
melhor. Parabéns pelo seu
dia.
Poliana.
26/10/2010.
Poliana – 3º Ano C/T
Profª. Ledivane Ferreira
Meu querido amigo Riam,
Amanhã eu vou pintar
minha casa, quero que venha
me ajudar, por favor.
Um abraço.
José Henrique.
28/10/2010.
José Henrique – 3º Ano A/M
Profª: Amara Sêna
Querida amiga Kerolayne,
Hoje eu e a minha família vamos à
praia, se você for nós vamos ficar
muito felizes.
Beijos de sua amiga Larissa.
28 de outubro de 2010.
Larissa Rebeca -3º Ano A/M
Profª: Amara Sêna
Ana Paula,
Quero brincar com você
hoje na minha casa , leve a
sua boneca.
Beijos de Graciella.
20/10/2010.
Graciella -3º Ano C/T
Profª: Ledivane Ferreira
A saúde é uma coisa que todos
nós precisamos para ter uma vida
tranqüila e feliz.
Nós devemos ter os devidos cuidados
com a saúde para que este
bem possa sempre fazer parte de
nossa vida, conseguindo desta forma
vida longa.
Assim, atitudes como alimentar-se
bem e praticar exercícios físicos
devem sempre estar presentes em
nosso cotidiano.
Grasiele França – 5º Ano E/T
Profª. Aldenice Barros
A SAÚDE
4 Jarbinhas
EXPEDIENTE
ESCOLA MUL. MIN.
JARBAS PASSARINHO
Diretora:
Maria José de Deus
Diretor Adjunto:
José Ricardo de Souza
Coordenadoras Pedagógicas
Maria da Paz Porfírio
Marinete Maria dos Santos e Silva
Digitação e Diagramação :
Danielle Silva e Simone Suzankelly
Impressão:
Comunicação e Cultura
Tiragem: 501 exemplares
Código do Jornal: PLPE10/001
O pai do meu colega Adyson, criou um ganso e, para onde ele ia o ganso
o acompanhava. Adyson ficava triste porque seu pai nunca saia com ele.
Adyson descobriu que o ganso era mais obediente que ele!
José Hilton – 4º Ano D/T
Profª. Marilene Santos
O GANSO
Os alunos da Escola Jarbas Passarinho,
receberam, da DECAL BRASIL,
mudas de plantas para o reflorestamento.
Um dia Triste
Um dia, a avó do meu amigo Lucas, foi
amarrar a besta. Ela levou um coice e caiu
no chão. Os vizinhos deles chamaram a
ambulância, ela veio ligeira.
Quando a avó de Lucas chegou ao hospital,
ela faleceu. Ele chorou muito porque
gostava bastante dela.
Hoje Lucas acredita que ela mora lá no
céu, mesmo assim, ele ainda sente muito a
sua falta.
Jhonata Silva – 4º Ano B/M
Profª. Lúcia Cavalcanti
O Gato de Ana
Aconteceu que um dia a família de Ana estava no sofá assistindo um filme de comédia, estava muito engraçado, quando de repente,
escutaram um barulho muito alto e logo pararam de rir.
Ficaram em pânico, pensando ser um ladrão. Correram para abrir a porta e saírem. A Irma de Ana, que é mais corajosa, entrou e
foi olhar o que era. Ela saiu rindo quando viu quem era o ladrão. Era o gato fofo de Ana subindo no armário, fazendo um barulho
danado por causa de um pacote de biscoito.
Voltaram para a sala, mas o filme perdeu a graça por causa do susto.
Ana Cristina – 4º Ano C/T
Profª. Sheila Elisabete

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: